Ademilson faz golaço, mas São Paulo toma virada do CRB e se complica | Jovem Pan

CRB conseguiu a virada sobre o São Paulo e forçou o jogo de volta

CRB comemora gol contra São Paulo

O São Paulo foi até o estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), enfrenta o CRB, na noite desta quarta-feira (23), buscando eliminar a partida de volta do confronto válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Entretanto, o Tricolor encontrou pela frente um adversário que soube jogar um bom futebol e conseguiu virar mesmo depois de sair atrás no placar. No final, vitória do CRB por 2 a 1.

Concorra ao livro “Libertadores – Paixão que nos une”

Os dois primeiros gols da partida foram marcados ainda no primeiro tempo. Ademilson abriu o placar para o São Paulo com um golaço de bicicleta e Tozin, em cobrança de pênalti, deixou tudo igual. No segundo tempo, com um jogador a menos após a expulsão de Rodrigo Caio, o São Paulo sofreu e chegou a ser bastante pressionado pelo CRB. No final, Diego Rosa marcou o segundo gol da equipe alagoana e decretou a virada.

A partida de volta será disputada no dia 7 de maio, às 22h (de Brasília), quando o São Paulo recebe o CRB no Morumbi e tenta se classificar diante de sua torcida.

Quem passar do confronto entre São Paulo e CRB mede forças, na terceira fase da Copa do Brasil, com o vencedor do duelo entre Bragantino e Figueirense, que disputam o primeiro jogo da segunda fase no dia 7 de maio, às 19h30 (de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

O jogo – A primeira grande chance de gol foi do São Paulo, aos oito minutos, quando Alexandre Pato recebeu cruzamento na medida, no meio da área, mas acabou cabeceando pela linha de fundo.

Depois da primeira chance de gol, o Tricolor seguiu encurralando o CRB no campo de defesa e não demorou a abrir o placar. Aos 24 minutos, após chute prensado de Boschilia, a bola foi em direção a Ademilson que, de dentro da área, mandou de bicicleta e foi preciso, marcando um golaço: 1 a 0.

A torcida do São Paulo cantava alto no Morumbi e o time do Morumbi seguia rondando a área do CRB tentando marcar o segundo gol, mas pouco tempo depois de abrir o placar, os comandados do técnico Muricy Ramalho tomaram um balde de água fria.

Aos 32, após falha defensiva, Diego Rosa recebeu bom passe, driblou Rogério Ceni e foi derrubado pelo goleiro são-paulino. Pênalti para o CRB e amarelo para o camisa 1. Na cobrança, Tozin colocou a bola de um lado e o arqueiro caiu para o outro. Tudo igual em Maceió (AL).

Após o gol do CRB, o São Paulo caiu bastante de produção, o CRB apostou nos contra-ataques, mas não teve nenhuma grande chance de perigo e o primeiro tempo terminou com 1 a 1 no marcador.

No segundo tempo, o CRB começou tentando atacar um pouco mais e aproveitar o fato de atuar com o apoio de sua torcida.

Aos 14 minutos, a vida do São Paulo dentro do jogo ficou mais complicada, já que Rodrigo Caio derrubou Diego Rosa para parar o ataque do CRB, tomou o segundo cartão amarelo, depois de já ter sido advertido no primeiro tempo, e foi expulso.

Com um jogador a menos em sua equipe, Muricy Ramalho resolveu tirar Paulo Henrique Ganso e colocar Paulo Miranda para recompor o sistema defensivo. Já o técnico Eduardo Souza, do CRB, tirou Tozin e colocou Denilson e sacou Paulo Sérgio para mandar Diego Aragão ao gramado.

Aproveitando a vantagem numérica, o CRB começou a sair mais para o ataque. Aos 19 minutos, João Victor recebeu passe, tentou finalizar, mas foi travado pela zaga do Tricolor.

Aos 37, depois de pressionar o São Paulo, o CRB virou a partida. Diego Aragão chegou pela esquerda, cruzou a bola e encontrou Diego Rosa sozinho na área. Ele, livre, só teve o trabalho de empurrar para o gol e fazer 2 a 1.

No final, o CRB controlou a vantagem e confirmou a importante vitória jogando em casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.