Com domínio de líderes, veja a Seleção FI da 10ª rodada da Série B


Com domínio de líderes, veja a Seleção FI da 10ª rodada da Série B

Bahia e Cruzeiro se destacam com mais de um representante cada

Categorias: Seleção da Rodada

Por: Agência Futebol Interior, 05/06/2022

Bahia venceu bem o Criciúma e colocou alguns destaques na Seleção da Rodada

Campinas, SP, 05 (AFI) – A décima rodada do Campeonato Brasileiro Série B terminou no sábado e é hora de conferir como vem a Seleção FI. Destaque para o Bahia, que reverteu situação incômoda ao virar jogo com um a menos. Vasco e Grêmio empataram duelo de gigantes e colocaram representantes na defesa. Mais líder do que nunca, o Cruzeiro também está bem representado. A partida entre Londrina e Chapecoense não entrou na lista, pois foi adiada.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 10ª RODADA DO BRASILEIRÃO:Danilo Fernandes (Bahia);Léo País (Cruzeiro), Anderson Conceição (Vasco), Rodolfo Filemon (Novorizontino) e Nicolas (Grêmio);André Luiz (Sampaio Corrêa), Jean Carlos (Náutico) e Luciano Juba (Sport);Jajá (Cruzeiro), Ciel (Tombense) e Matheus Davó (Bahia).Técnico: Guto Ferreira (Bahia)

Cruzeiro fez 2 a 1 no Operário e tem dois entre os melhores da rodada

VEJA COMO FOI A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:Goleiro:Danilo Fernandes (Bahia) – O Bahia jogou o segundo tempo com um a menos e com desvantagem também no placar. O Criciúma criou várias chances e só não ampliou porque Danilo Fernandes salvou o time várias vezes. Isso foi fundamental para que o time pudesse virar o jogo depois e conquistar uma vitória heroica.

Lateral-direito:Léo País (Cruzeiro) – Foi dele o primeiro gol que abriu o caminho para a vitória do Cruzeiro em cima do Operário-PR por 2 a 1. O lateral-direito, que atuou boa parte do tempo como ponta, marcou em uma boa finalização de dentro da área. Ajudou demais no setor ofensivo.

Zagueiro:Anderson Conceição (Vasco) – Em jogo complicado com o Grêmio, se comportou como xerife e ajudou o time a não sofrer gols. Aliás, o Vasco tem a melhor defesa com apenas três gols sofridos.

Zagueiro:Rodolfo Filemon (Novorizontino) – Depois de retornar de suspensão, o zagueiro Rodolfo Filemon foi peça importante do Novorizontino no empate sem gols com o Sampaio Corrêa. Apesar de toda a pressão adversária, o defensor foi impecável nos desarmes e na recomposição de bola.

Lateral-esquerdo:Nicolas (Grêmio) – Se a defesa do Vasco foi bem, a do Grêmio também não ficou atrás. Nicolas ajudou bem o setor com forte marcação e, sempre que possível, apoiou o ataque. Apesar de jejum de vitórias, o empate sem gols fora de casa não foi mau resultado para o Tricolor.

Volante:André Luiz (Sampaio Corrêa) – Mesmo jogando fora de casa, o Sampaio Corrêa conseguiu um importante empate sem gols diante do Novorizontino para seguir perto da briga pelo G4 da Série B. Um dos destaques da Bolívia Querida foi o volante André Luiz, que teve boa participação tanto na defesa, como no ataque. Tem sido o cérebro do meio-campo maranhense.

Meia:Jean Carlos (Náutico) – É um jogador diferenciado. No primeiro gol da virada do Timbu em cima do Brusque, ele cobrou o escanteio em curva, com efeito. A bola acabou tocando no zagueiro Wallace Reis, que marcou contra. No segundo ele, ele chutou de fora da área com precisão.

Meia-atacante:Luciano Juba (Sport) – Apesar de ter perdido algumas oportunidades no primeiro tempo, Luciano Juba foi um dos grandes destaques do Sport na vitória, de virada, por 2 a 1, em cima da Ponte Preta, que manteve o time pernambucano no G4. Na segunda etapa, foi dele o gol da vitória marcado de falta.

Atacante:Jajá (Cruzeiro) – Sem dúvidas foi o ‘homem do jogo’ na vitória do líder Cruzeiro em cima do Operário-PR, pelo placar de 2 a 1. Além de ter dado assistência para o gol de Léo País, foi de Jajá o segundo gol da Raposa. Mais uma vez mostrou que é a válvula de escape do setor ofensivo mineiro, dando trabalho a zaga adversária durante os 90 minutos.

Em jogão de bola, Vasco e Grêmio empataram sem gols

Atacante:Ciel (Tombense) – No alto de seus 40 anos, o atacante Ciel foi essencial para a vitória de virada da Tombense em cima do Ituano, pelo placar de 2 a 1, que tirou o time mineiro da zona de rebaixamento da Série B. Ele saiu do banco de reservas e já no final do jogo, marcou o gol da vitória do Carcará. Fez pressão na área adversária durante todo o tempo que esteve em campo.

Atacante:Matheus Davó (Bahia) – O Bahia foi para o intervalo perdendo por 1 a 0 e com um jogador a menos. Voltou para o segundo tempo reformulado e Davó, um dos que entraram, foi o destaque ao marcar os dois gols da virada.

Técnico:Guto Ferreira (Bahia) – O Bahia teve missão difícil no intervalo para ajustar o time, pois estava perdendo por 1 a 0 e com um jogador a menos. Guto promoveu logo quatro mudanças, incluindo Davó, que fez dois gols na partida. E as assistências dos dois gols também foram de jogadores que começaram no banco: Lucas Mugni e Rildo. Bahia 100% em casa, dentor da filosofia do Gordiola de ganhar emc asa e beslicar ponto fora.

Confira também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.